Rating for renerbrito.blogspot.com

Frase do Dia.


A resposta de Deus pode não ser a que você quer, mas é a necessária para sua felicidade.

Autor: Rener Brito.

maio 08, 2017

Não Julgue-se

Não julgue o seu valor pelo os outros, a relatividade lhe confundirá pois há diferença de pensamentos e da for de comode se vê, não julgue seu valor por você mesmo, a deformidade da alma pelo "si mesmo" que deve ser negado em Cristo pode tornar-lo narcisista e auto suficiente fazendo-o negar a existência de Deus e a necessidade do sacrifício de Jesus ou lhe alto vitimizar fazendo perceber-se indigno do alcance da graça salvífica do O Cristo.

Olhe-se tendo Cristo como um referencial e você conseguira obter essa resposta.

Rener Brito

Onde está a benção de Deus??

A bênção do povo de Deus nunca esteve em cultos e suas práticas ritualísticas: como cultos da Vitória, campanhas e correntes disso ou daquilo, mas na PALAVRA de Deus quando vivida por nós , como descrito em (Deuteronomio 28:1-15) ou como (Mateus 6:33) que nos mostra que é buscando em primeiro lugar o reino de Deus que as nossas nessecidades são supridas.

Mas entenda o reino de Deus não é um lugar na terra, é dentro de cada um de nós através da santificação e a santificação só vem pela a PALAVRA (João 17:17). Quem vive a PALAVRA não precisa se cansar correndo atrás da bênção, é a bênção que supri tudo que corre a trás nós.

Rener Brito

maio 18, 2016

Um passado vivo

O único passado que tem que morrer é aquele que veio a existir sem a manifestação de Deus nele, mas o passado onde Deus se manifestou, ele é vivo e cheio de subsídios para construção do presente que monta o futuro. O próprio Deus muitas vezes recorreu ao passado para trazer luz  no presente dos homens.

Nele que é um passado vivo no presente, nos trazendo a mensagem da graça que constrói o nosso presente em Deus e, que depois será um passado presente no futuro como testemunho para a edificação e expiração para o presente da vida em outros homens.

agosto 17, 2015

Falam de si para si mesmo.

É algo que acontece muito com as pessoas no dia a dia e principalmente com pastores e palestrantes, que ao falar, fala não para trazer o conhecimento aos ouvintes, mas para exibir os seus conhecimentos, não se importando com a finalidade de suas “palestras” ou de suas “pregações”.

 Para estes arrogantes o importante é fazer desfiles de palavras bonitas e desconhecidas para ostentarem-se vaidosamente com aparência de sábios e cheios de conhecimento aos ouvintes, pois é assim que eles se sentem felizes e realizados, não porque trouxeram o conhecimento de Deus a alguém, eles não buscam falar para ninguém, mas para si mesmo, para massagearem seus EGOS inflamados se ouvindo falar e expor algo que memorizaram e é desconhecido da maioria dos ouvintes. (Lucas 18:9-11).

 Rener Brito

agosto 08, 2015

DECISÕES.

A vida é feita de decisões; se o medo de decidir impedir você de fazer suas escolhas, você ficará preso em uma duvida cheio de ânsia e angustia crescente e depressiva.

Sua única opção é ir alem da mente (lógica e razão) onde o caminho é escuro e só pode ver por onde se está indo quando se acende o candeeiro da Fé.

Rener Brito

julho 03, 2015

A Lei e Graça

Quando for fazer ou dar alguma coisa para O Senhor a sua obra ou ao próximo; faça e dê não pela força da Lei, que traz obedecia pelas normativas e gera o medo das punições, faça pela consciência da graça que vem dos evangelhos de Cristo Jesus - que diferente da lei que produz o medo, nos leva a dar e a fazer para O Senhor a sua obra e ao próximo por prontidão do coração e das normativas que vem do Amor, que pacifica e produz alegria. (Lucas 10:27)

 Rener Brito.

janeiro 12, 2015

O mau pastor

O mau pastor sempre está focado em seus objetivos e não em suas ovelhas, por isso que as ovelhas mais proximais dele são tratados como burro de carga e o resto lideradas como uma manada sem leva em conta as necessidades individuais de cada uma delas; e as que estão cansadas e doentes que não pode ajuda-lo mais, são deixadas para traz para morrerem.

Um líder se torna um tirano quando sua liderança e seus objetivos não são mais para o bem de todos, mas para sua própria gloria.

Rener Brito

Não deixe que:

A sua FÉ seja institucionalizada e que lhe façam crer que existe algum lugar especial ou santo para adorar a Deus e que a Igreja de Cristo é feita de tijolos.
Em segundo lugar, não passe a vida espremendo-se para todos os dias CRER nos milagres de Deus em meio as suas tribulações, saia do CRER e evolua para FÉ e descanse no Senhor.

Você precisa entender que só um incrédulo precisa esforça-se para CRER no Senhor Deus.
O CRER nos leva ao conhecimento do Senhor, mas a FÈ ao seu SOBRENATURAL.(milagres,  salvação e o novo nascimento).

Em terceiro lugar não obedeça o Evangelho de Cristo como se fosse uma Lei, o Evangelho não é Lei, mas Graça(favor imerecido), obedecer a graça é hipocrisia, a Graça não é para lhe conduzir a uma obediência, mas para lhe transformar em um ser que é a imagem e semelhança de Cristo.

Rener Brito

dezembro 16, 2013

Averdade me libertou da mentira e Jesus da minha natureza

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8:32).

A finalidade da verdade divina é revelar ao homem o que é santo (luz) e profano (trevas) e dar-lhe autoconhecimento para percepção de sua condição existencial e espiritual em meio a estes dois mundos.

Então vem a pergunta: Porque muitos tem encontrado esta verdade e não tem alcançado a libertação!? A respost...a é simples.
A verdade é que quando o evangelho é recebido como lei e não como graça o conhecimento do evangelho é analítico-intelectual, e tudo que pode fazer é libertar o homem da ignorância da mentira, e até instigar seu autoconciemento - o fazendo deixar os pecados que podem ser visto e que são chamados de pecasdos morais, como: bebedeira, adulterio, matar, roubar... só não pode libertá-lo dos pecados internos que há no coração e de sua natureza carnal.

Por isso que muitos falam com eloquencia sobre a verdade, mas a nega com a vida - se tornando algo abominavel por Deus, que é um hipócrita (Mateus 23:23).


Paulo, tempos depois, afirma que a letra mata, ou seja, o conhecimento do evangelho sem a revelação do Espírito Santo torna-se lei, mas através do Espírito Santo há vida (2 Coríntios 3:6). E assim é com os que recebem com um coração sincero o evangelho como graça - passam a ter seu ser transformado pelo o Espírito do evangelho que é Cristo, passando agora a ser verdadeiramente livre e por meio do poder sobrenatural dEle.

Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. (João 8:36).

 
O evangelho como lei, a consciência é do fazer o que é dito, mas como graça, a consciência é de ser o que é dito.

Rener Brito

novembro 28, 2013

O caminho da espiritualidade.

Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.(1 Coríntios 2:15).

O caminho da espiritualidade nada tem a haver com “conhecimentos” ou com o encontro do “eu-interior”, “luz-interior”..., - nada há no interior do homem que possa contribuir para formação do homem espiritual.
Concordo com o André Barcellos quando diz: que muitos pensam ser o “...budismo ou a yoga uma extenção do evangelho de Cristo, por isso a busca da harmonia da alma e do corpo.”

Continua ele: “O homem de hoje tenta ser espiritual para si mesmo".
"É a religião do deus-interior. Uma espécie de budismo, só que sem a resignação.” “Procura-se a absolvição de si mesmo, a libertação de todas as culpas, não através da redenção da Cruz, mas através da soltura das amarras dos próprios limites.”

O homem espiritual não vem de uma reciclagem ou de um despertar da consciência para o eu verdadeiro ou qualquer outra coisa como “deus-interior”, só o nascer de novo em Jesus, já que: “há os que nascem da vontade de Deus (os espirituais) e há os que nascem da vontade da carne(os carnais)” (João 1:13) (João 3:3).

Quando não existir mais em você os consceitos que são “formados das experiências do meio” -, tradições que são: “as transmissões de práticas e de valores até mesmo de mãe e pai” -, cultura que é: “as crenças, leis, morais e hábitos...” -, religiões com seus “rituais, sacrificios deveres e obrigações”, a mente dará seu último suspiro, e então nascerá a mente de Cristo passando de homem canal a homens espiritual, que não andará mais segundo a lei da carne, mas sob a graça de Deus".

Rener Brito

setembro 09, 2013

Sentimental



Uma atitude pode determinar o humor de alguém sentimental. Mas uma atitude não pode determinar o humor de quem ama.

O sentimental só consegue sentir algo por si mesmo, e quando o seu sentir é por ver uma injustiça, ainda assim sua preocupação não é pelo o injustiçado, mas por está presenciando algo que considera feio de ver ou ouvir, que é a injustiça. Por isso que muitos se indignam e nada fazem. Diferente de quem ama que tem seu foco na pessoa por isso não consegue resistir a não ajudar o injustiçado. Assim mostrou Mestre Jesus na parábola do bom samaritano (Lucas 10:1...).

Sentimento é só um sentir para si (uma emoção). Amar é uma ação de fato e de verdade.

Rener Brito.

setembro 07, 2013

Agradecimento




  Agradecimento ao site webstatsdomain.net pelo selo segurança ao Blog Reflexões.

Rener Brito

fevereiro 12, 2013

Apóstolo Paulo

Ele era um homem com vasto conhecimento teológico como ele mesmo disse:em (Atos 22:3), filosófico quando cita o poeta e filosofo monoteísta Epmênides dizendo:  

Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como, também, alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos, também, sua geração” (Atos 17:28).

Não esquecendo que em meio a todo este conhecimento ele também era um poliglota (Atos 21:37–22:2)
Mas, com todo este conhecimento Paulo esvaziou-se como mostra o capitulo dois de sua carta aos 1Coríntios – ficando ele assim totalmente dependente do Espírito Santo. Na realidade Paulo troca conhecimento por sabedoria. Por isso que ele era capaz em meios as grandes adversidades... conduzir todos a Cristo.

1Corintios 9:19 Pois, sendo livre de todos, fiz-me escravo de todos para ganhar o maior número possível:
20 Fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse eu debaixo da lei (embora debaixo da lei não esteja), para ganhar os que estão debaixo da lei;
21 para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.
22 Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns. 
23 Ora, tudo faço por causa do evangelho, para dele tornar-me co-participante.

Somente alguém que se move pelo conhecimento e não pelo Espírito Santo de Deus é incapaz de conduzir os homens a Deus em meio às  grandes adversidades da obra.

Que somos no Senhor? Se não um canal – e esse é o problema: o conhecimento nos leva pensar que somos alguma coisa alem, mas em Deus nada somos se não um canal.

Rener Brito

maio 02, 2012

Conhecimento


Pensando na dificuldade dos que dizem ser incapaz de anunciar as boas novas de Cristo, por causa do acumulo do conhecimento, desenvolvi um texto a luz do Evangelho em meu Blog Momentos , visando à superação desta dificuldade.

Mas aqui no blog Reflexões terei uma abordagem mais filosófica.
É observando alguns textos do mais antigo manuscrito como o do Tao-Te-Ching que começo minha narrativa:

“Na busca do conhecimento a cada dia se soma uma coisa. Na busca da sabedoria a cada dia se diminui uma coisa.“

É perceptível que o conhecimento é um caminho de somas sem fim, que enfada a alma de qualquer um. Como reforça o outro texto do Tao-Te-Ching,

“as 10.000 coisas aparecem e desaparecem sem cessar.“ 

Como mostra o Tao-Te-Ching: O caminho do conhecimento é um começo onde o fim é outro começo.

Acerca disto disse Ruben Alves: Mas o que a multiplicidade faz é estilhaçar o coração. O coração que persegue o “muitos“ é um coração fragmentado, sem descanso.

O poeta T. S. Eliot nos ajuda a entender que o problema é que a sabedoria foi substituída pelo o conhecimento, ele diz:

“Onde está a sabedoria que perdemos no conhecimento?“

Já o poeta brasileiro Manoel de Barros exemplifica para nossa maior compreensão dizendo:

“Quem acumula muita informação perde o condão de adivinhar. Sábio é o que adivinha.“

Claro que o adivinhar como atributo do sábio nada tem haver com o sobre natural, mas com a capacidade meditativa que tem um sábio ao perceber todas as pistas que o conduz a resposta do que “é”. Aonde outros por meio do conhecimento já mais chegarão tão profundo para encontrar as respostas.   

E se tratando do homem de Deus é aplicado o mesmo critério, só que o adivinhar por meio da meditação torna-se mediano, o homem de Deus em vez de adivinhar por meio da meditação ele tem a sabedoria de Deus que lhe dá a revelação por meio Espírito Santo lhe fazendo conhecer todas as coisas.

Rener Brito

Surpervisão ortográfica Yasmin Brito

fevereiro 28, 2012

Pr. Marcos Sobral


Sou grato a Deus por ter me dado a oportunidade de conhecer você e sua família meu amigo, irmão, mestre e pastor. Como você eu quero até calado sem proferir palavra alguma dizer tantas coisas importantes e profundas em Cristo, que faziam os que estavam ao seu redor terem suas vidas transformadas e se sentirem amadas.

Mas sei que vamos nos encontrar e matar está saudade por toda eternidade junto ao nosso Senhor e salvador.

Rener Brito

fevereiro 18, 2012

Introspecção


A introspecção é uma porta que poucos ousam entrar – já que olhando de fora percebe-se que em lugar de um lindo jardim para este profundo encontro com o si mesmo, há um pântano sóbrio escuro coberto com uma neblina pecaminosa, aonde todos os fantasmas agentes da dor irão se revelar mais latente e inflamatório a ponto de reabrir cicatrizes já saradas.

Mas nada que Cristo não possa resolver.

Rener Brito

dezembro 27, 2011

Smigol

O mau sempre está lá entranhado dentro do homem, e a diferença entre o homem bom e mau - é que o homem bom subjuga o mau que há dentro de si, e o outro é subjugado.

Nesta luta onde ambigüidade crescente e angustia imperam, muitos se entregam ao mau e outros fragilizados pelas as lutas que são diárias e contínuas, buscam animosidade e forças nas religiões para continuarem vivendo como um Smigol até o dia que encontrarem a morte no O Cristo, e a sim serem verdadeiramente livres pelo novo nascimento.

Rener Brito

agosto 20, 2011

Culpa e autopunição

Crescermos em uma sociedade que a maioria das pessoas em vez de trabalhar na prevenção por meio da orientação, prefere a punição como forma de inibir a transgressão.

É muito interessante a rapidez para a punição e a lentidão para a orientação com que os homens exercem uns para com os outros, principalmente os religiosos que para mim são os mais sarcásticos.

A punição é só para externar a satisfação que o homem tem de ver seu semelhante sofrer, já que a violência física pode ter efeito contrario, utilizam a psicológica.

A culpa é um entendimento que foi alcançado e que indica ao homem que ele falhou no casamento, namoro, estudos... Ou transgrediu princípios morais como os: sociais, pessoais ou religiosos...

Em geral ao si sentir culpado e com dor de consciência o homem irá seguir o principio ao qual ele cresceu aprendendo em sua maneira de lidar com os erros. Irá aplicar a punição, só que neste caso é autopunição,  a dor de consciência que de agora em diante será seu carrasco e assim ser torturado dia e noite. De inicio irá lhe da uma sensação de estar sendo aliviado e justificado só pelo fato de está sofrendo a punição, só que mal sabe ele que tudo que está autopunição pode produzir são doenças psicossomáticas que por sua vez pode levá-lo ao suicídio ou a loucura.

A dor de consciência não é uma manifestação de mudança é só uma manobra da mente tentando se alivia, mas logo voltará para o mesmo erro, mas o arrependimento em Jesus te liberta para prosseguir adiante  em novidade de vida.

 “Arrependei-vos e vos convertei para que sejam apagados os vossos pecados, e assim achareis descanso para vossa alma” disse Jesus.

O mestre nos ensina que melhor do que a dor de consciência é o arrependimento (mudança de pensamento) e conversão (mudança de atitude) que vem por meio Dele e assim a alma iniciará o processo da cura que produzirá paz na alma e salvação.


A correção que vem por meio do amor: é uma orientação, um despertar, ou seja, um empurrão algo como um desfibrilador que tirá da escuridão da incapacidade...

Em outra oportunidade falaremos dos três estagio da culpa:  culpa irreal, culpa cinismo, culpa objetiva.

Rener Brito