Rating for renerbrito.blogspot.com

Frase do Dia.


A resposta de Deus pode não ser a que você quer, mas é a necessária para sua felicidade.

Autor: Rener Brito.

junho 15, 2011

Contexto e situação das palavras

Há algo que deve ser lembrado na hora de tentar se encontrar o significado das palavras.
Primeiro qual o seu contexto e segundo qual a sua situação, já que estes interferem diretamente em seu significado.

Ex: 1– O suco está doce. 2 – Doces são suas palavras aos meus ouvidos.
Na frase 1, doce significa açucarado, significado diferente que é apresentado na frase 2   

Rener Brito

20 comentários:

Edson Carmo disse...

A interpretação errada tem levado muita gente ao erro. É só olhar e ver o que as pessoas estão interpretando com a frase: "seja você mesmo"

Escreva mais frequentemente...

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Reflexões disse...

Na realidade dependendo do contexto e da situação, o “ser você mesmo” pode ser um pedido para não ser um hipócrita, ou seja, deixa a aparência que muitas vezes é só para ser aceito, para não reconhecer que se está doente e impede a cura....

Valeu a participação.

Ah, quanto a escreva mais frequentemente, hoje eu sou como posso dizer, um preguiçoso para escrever, mas posso me condiciona e me a costumar a escrever deixando de ser um preguiçoso.

Abraços.

Rener Brito

Edson Carmo disse...

O contexto que me baseio para falar sobre o “si mesmo”, é sempre o original. Deus nos criou a Sua imagem e semelhança. O que ele quis dizer com: “Façamos o homem a Nossa imagem e semelhança”? O próprio texto de Genesis diz que Ele queria um homem que dominasse sobre a natureza; um homem sem medo; alguém que não fosse malicioso... O preguiçoso é sempre alguém malicioso e medroso – investigue e descubra por si mesmo!

Preguiça e malícia são estados enfermiços. O estado de doença não é o estado original do homem, portanto deve ser abandonado – mesmo que seja por meio do esforço. Veja, o esforço leva a criança a andar, a falar, a se expressar. Na vida tudo é pratica, os que não praticam ficam atrofiados – ou seja, mortos respirando.

A Palavra diz que sejamos não apenas ouvintes, e sim praticantes. “Praticar”, essa é a receita da cura! Porque através do praticar, o homem se transforma. Se o homem começar a roubar, é certo que ele si transformará em um ladrão. Se alguém começar a praticar qualquer coisa, essa coisa o transformará. Essa é a Lei fundamental de Cristo: Praticai: Amai, Perdoai, Arrependa-se... Porque Ele sabe que a prática dessas coisas sem a intenção de mentir, mais cedo ou mais tarde, transformará o homem.

Quanto a condicionamento, não penso que você deva se condicionar. Estou certo que o homem tem de voltar a sua originalidade, que é criatividade, fecundação e domínio – inclusive sobre a preguiça que é tão condenável por Deus.

Portanto reforço meu pedido com mias alguns acréscimos: escreva; legue ao mundo o que Deus te deu para distribuir; deixe a sua contribuição que vai até seu ultimo fôlego de vida; não enterre o tesouro – como muitos covardes o fizeram, tornando o cemitério um lugar de tesouros enterrados. Se em você tem um livro, dê esse livro ao mundo, não o leve para a sepultura. Se aí tem uma musica, então cante antes que seja tarde. Olhe para o sol, ele não nega nenhum dia a sua luz. Olhe para os pássaros, eles não nos privam uma só manha das suas canções. Tudo que Deus fez é perfeito, mas a preguiça, essa, é uma invenção de satanás para que o homem negue ao mundo o tesouro que Deus o deu.

Pense nisso com o coração limpo. O Cristo vai te abençoar.

Com amor fraternal,

Edson Carmo

Reflexões disse...

Olhando bem o texto, ele deixa bem claro que Deus não nos criou sua imagem e semelhança, Ele criou Adão, ele era original, nós somos originais de Adão, ou seja, filhos da desobediência até nascermos de novo em Cristo.

Então o “seja você mesmo” dito com uma consciência Crística, chama o homem para realidade do seu ser, já que os homens negam veemente a sua condição pecaminosa diante de Deus.

Como um alcoólico que jamais conseguira alcança a cura se primeiro não reconhecer que está doente, os homens ficaram impedidos de reconhecer o sacrifício de Cristo e conseqüentemente alcançarem o novo nascimento.

Nem todo mundo é profeta nem todo mundo é pastor, deus chama uns para isto e outros para quilo.
Sendo assim quem é preguiçoso?! O que está sentado escrevendo sem medir o tempo ou o que sai para dizer pessoalmente nos lares sem medir as distancia.

Abraços.

Rener Brito

Edson Carmo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edson Carmo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edson Carmo disse...

Muito bem! Boa percepção! Jesus veio para restaurar o homem. Restaurar significa: levá-lo ao que ele era – a sua originalidade. Porque Deus não errou em sua criação, tudo que Deus fez, diz Ele mesmo: “é muito bom”.

Quanto a sua pergunta, quero dizer-lhe que ela é muito oportuna! E minha resposta a ela é: os filhos de Jesus, ou seja, seus discípulos, tanto foram aos lares quanto escreveram. Isso implica dizer que: o corpo vai aos lares por tempo determinado, mais a mensagem expressa em palavras, atravessa distancia de milênios.

Portanto, escreva meu irmão!!!!

Grato por fazer essa pergunta. Abraços do amigo,

Edson Carmo

Reflexões disse...

Não diria restaura. Como disse Jesus: “Ninguém costura remendo de pano novo em veste velha; porque o remendo novo tira parte da veste velha, e fica maior a rotura”.

Quando Nicodemos foi ter com Jesus, Ele o ensinou que era necessário nascer de novo.

Uma mensagem para atravessa milênios não precisa ser em palavras, palavras são mais um meio de dar uma mensagem.

Lembro-me de um ensinamento em 1pedro três quando ele disse, que se o marido ainda não esta em Cristo que ele fosse ganho para Cristo sem palavras alguma, somente pelo seu bom procedimento, esta seria a mensagem sem palavras que ensinaria ao marido o caminho da salvação.

Abraços.

Rener Brito

Edson Carmo disse...

Se você soubesse o significado do prefixo "RE" no texto, não teria feito o comentário que fez. Pergunto: A bíblia está errada em dizer que em Deus REnovamos as nossas forças? Esteve Jesus errado disse para João que a Igreja deveria REtornar ao primeiro amor?

O pano está fora do contexto, observe! O pano não tem um Ser - você tem, Nicodemos tem. No pano não há verdade - você contém verdade, em Nicodemos continha verdade... Assim, essa comparação demonstra falta de compreensão, percepção e clareza.

Nicodemos foi advertido ao novo nascimento, exatamente por ser preguiçoso, e não por ser corajoso; por estar "vivendo" como um ser sem ser.

Outro ponto! Segundo a sua "ótica", Jesus não deveria orientar o Apóstolo João para escrevesse as Igrejas. Paulo também não deveria ter perdido seu tempo em escrever para as Igrejas; nem Pedro; nem Mateus; nem Marcos; nem Lucas... Eles só precisariam andar de casa em casa, ou falar telepaticamente para nós no século XXI, ou "quem sabede" deixar que os professores de história fizessem serviço deles...

Lembro-lhe: A fé sem obras é morta. Muitos têm fé não-fecunda – ou seja, estéril. A ordem de Deus é multiplicar.

Vamos multiplicar, copiando os atos de Cristo e dos Apóstolos. Vamos de casa em casa, vamos escrever - seja de uma ilha, seja de uma cadeia, seja de onde for.

"É necessário fazer a obra de Deus em quanto é dia, a noite vem quando nada mais se pode fazer". Chega de preguiça, o evangelho nos manda REmir o tempo, porque os dias são maus.

Diga-me algo razuá-vel, do contrário continuarei pedindo: “ESCREVA”

Abraços afetuosos do companheiro de luta,

Edson Carmo

Reflexões disse...

“Deus renovamos as nossas forças?” pergunto eu: as forças de quem?!
“a Igreja deveria REtornar ao primeiro amor?” qual igreja?!

Não existi renova forças, se “nós” não nascermos de novo.
Não existi igreja, se não a dos que nascerão de novo, como disse João: 12 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; 13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

Quanto ao pano não ter um ser, eu gostaria só de lembrar que ele entra só como uma alegoria que é um modo indireto! de representar uma coisa ou uma idéia sob a aparência de outra. Algo muito usado na Bíblia.

Quanto à preguiça de Nicodemos, você chama de preguiça a bíblia chama de ignorância ou um está nas trevas, e ele estava se dando com a sua pergunta a Jesus, a oportunidade que a luz de Cristo, ou seja, a verdade lhe tirasse das trevas da sua ignorância.

A grande questão do escrever é, Jesus inspirou a todos os apóstolos para escrever? Cadê as cartas de Silas e barnabé....

Abraços.

Rener Brito

Edson Carmo disse...

Vou lhe dar o conselho de Paulo: "...transformai-vos pela REnovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

O Evangelho não foi pregado para corajosos e sim para preguiçosos que é a mesma coisa que ignorância já que ambas vem das trevas e por isso são trevas.

A sua ultima pergunta, tem resposta muito simples: "o vaticano não quis colocar todas os manuscritos que foram encontrados, na bíblia", ou você acha que tais homens não escreviam às sua congregações. Se você não sabe, até o preguiçoso Tomé(discípulo repreendido por Jesus) escreveu seu evangelho.

Escreva homem, deixa de besteira...

Abraços fraternos,

Edson Carmo

Reflexões disse...

Bom agora nós temos dois conselhos, o primeiro do Mestre Jesus a Nicodemos, nasça de novo e segundo do apostolo Paulo renovai.

O interessante é que todo este tempo eu esperei você perceber que o “renova” sempre entra com referencia ao nascido de novo. E que o “nascer de novo” sempre entra com referencia ao perdido.

Como você mesmo diz: “ou você acha que tais homens não escreviam às suas congregações.”

O próprio Paulo lembrando aos irmãos do 1º e 2º nascimento, escrevendo aos Gálatas dizendo: 4:28 Vós, porém, irmãos, sois filhos da promessa, como Isaque. 29 Como, porém, outrora, o que nascera segundo a carne perseguia ao que nasceu segundo o Espírito, assim também agora...

Ah, humildemente gostaria de saber onde posso encontrar o argumento que diz que (preguiça = ignorância).

Nele que é o Cristo da multiforme e que chama uns para apóstolos outros para mestres...

Abraços.

Rener Brito

Edson Carmo disse...

Você nasceu de novo?

Reflexões disse...

Sim. E você nasceu de novo?

Abraços.

Rener Brito

Edson Carmo disse...

Sim, a minha própria vida testifica disso. Mas peço que você REveja seus conceitos, porque preguiça é coisa do velho homem, da natureza caída... Preguiça não faz parte do pacote do novo-nascido. Daí a Palavra inspirada por Deus dizer: "vai ter com a formiga ó preguiçoso".

Abraços fraternais,

Edson Carmo

Reflexões disse...

Na realidade não será preciso rever meus conceitos, já que a minha consciência quanto à preguiça, é a mesma da sua.

No começo eu disse: hoje eu sou como posso dizer, um preguiçoso para escrever, mas posso me condiciona e me a costumar a escrever deixando de ser um preguiçoso.

Na realidade só estava criticando os que não conseguem compreender que no reino de Deus, Ele não pede para tornasse um condicionado, mas para aceita de todo coração o chamado.

Abraços.

Rener Brito.

o tempo e a igreja "reflexões Reformadas" disse...

Paz e graça a todos!!

Espero que vocês dois continuem,pois eu,e acredito que muitos outros também estarão aprendendo com estas reflexões!!!!

Parabéns pelo blog, e paz!

Edson Carmo disse...

Com sua ultima declaração encerro o caso.

Até a próxima,

Ah, ia esquecendo de responder a sua pergunta.

O conceito hebraico para ignorância é trevas. Portanto, tudo que vem das trevas(ignorância), tem a sua mesma composição. Portanto, posso dizer que preguiça é ignorância, simplesmente porque vem das trevas.

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Reflexões disse...

Paz e graça.

Esta é a minha finalidade, trazer alguma contribuição.

Abraços.

Rener Brito

Reflexões disse...

Valeu a participação.

Abraços.

Rener Brito